top of page

A importância do aquecimento vocal



A nossa voz é resultado de diversos mecanismos no corpo que vão desde a respiração, passa pela emissão do som, pela articulação das palavras e acabam na amplificação deste som. A respiração seria o "motor" desse som, a fonte primeira da manifestação vocal. Exercícios de respiração são fundamentais para todos aqueles que queiram usar a voz de maneira profissional e até mesmo como amadores.


Além dos exercícios de respiração, existem exercícios vocais propriamente ditos, isto é, exercícios com emissão de som. O ar sai dos pulmões e passa pela laringe onde existem as famosas pregas vocais. Hoje é convencionado chamá-las de pregas e não de cordas pela sua aparência mesmo, que nada parecem com cordas. As pregas então vibram emitindo um som ainda muito fraquinho, que será amplificado na caixa torácica e na cabeça. Para as pessoas que ambicionam cantar ou usar a voz profissionalmente, todo esse processo deve ser estudado em detalhes.


Os chamados vocalizes (exercícios de técnica vocal) são direcionados para procurar, em primeiro lugar, conscientizar o aluno de todas as possibilidades que tem a sua voz, tanto em questão de altura (do grave ao agudo) como em questão de timbre. Mais tarde, estes vocalizes também servem para moldar o tipo de som que se quer emitir, a sua qualidade, para cada momento diferente.


Alguns vocalizes podem ser experimentados por pessoas que ainda não têm acompanhamento de um profissional de preparação vocal e de fonoaudiologia. Um deles é o boca chiusa (boca fechada em italiano), que é a emissão do som com os lábios cerrados, como se fosse falar uma grande letra m ou n (são dois exercícios diferentes). Este exercício serve, principalmente, para encontrar o local correto da ressonância para que a voz seja projetada mais longe. Outro exercício possível é o de vibração, que pode ser feito como se fosse falar uma longa letra r rolada (assim como fazem no idioma italiano, por exemplo) ou vibrando os lábios (parecido com crianças imitando o som de um motor de carro), e deixando o som vocal sair junto com essa vibração. Este exercício ajuda muito a "massagear" o trato vocal e relaxar o mesmo. Ambos exercícios podem ser feitos acompanhando escalas musicais ou mesmo melodias. Uma dica é "cantar" uma canção primeiro com boca chiusa e depois com o exercício de vibração da língua/lábio.


A medida do correto pode ser feita por meio da sensação que estes exercícios provocam no seu corpo. Se doer, tem algo de errado e você deve parar imediatamente.


bottom of page